Muitos consumidores não entendem qual é a diferença entre “nome sujo” e CPF irregular na Receita Federal. Devido a isso, é cada vez mais comum o número de clientes que possuem o CPF irregular na Receita Federal e acabam achando que estão com o nome no SCPC ou SERASA; também há casos de consumidores com o “nome sujo” e que tentam solucionar o problema junto a Receita Federal. Neste artigo o OficialBlog explicará sucintamente qual é a diferença entre ter o nome sujo e o CPF irregular junto ao Fisco.


A Receita Federal disponibiliza em seu site diversos serviços ao contribuinte, um deles é a emissão da Certidão Negativa de Débitos, o documento comprova a inexistência de débitos tributários inscritos na Dívida Ativa da União. Qualquer pessoa maior de 18 anos pode realizar a consulta pela internet, basta ter em mãos o número do CPF ou CNPJ da pessoa física ou jurídica que deseja consultar.



CPF é o documento mais utilizado no dia a dia, pendência no documento pode gerar uma grande dor de cabeça junto à Receita Federal.

O CPF (Cadastro de Pessoa Física) é um dos documentos mais importantes no Brasil, sem ele não é possível tirar passaporte, abrir conta em banco, adquirir produtos ou serviços financeiros e nem conseguir um emprego registrado. Em quase todos os cadastros o número do documento é solicitado. Caso seu CPF esteja irregular ou pendente de regularização, veja neste artigo como providenciar a regularização junto a Receita Federal do Brasil (RFB).



O CPF (Cadastro de Pessoa Física) é um documento obrigatório no Brasil, ele é solicitado em praticamente todos os lugares. Mas o que pouca gente sabe é que o documento precisa estar regular para ser considerado válido para utilização. Caso o documento apresente a situação irregular, pendente de regularização, cancelado, suspenso ou nulo, não pode ser utilizado para abrir contas bancárias, solicitar produtos financeiros e nem para tirar ou renovar o passaporte.


Descubra na hora qual é o seu score de crédito, pontuação pode facilitar ou dificultar a concessão de cartões, financiamentos, empréstimos e outros produtos financeiros.

A Boa Vista Consumidor Positivoadministradora do SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) – acaba de disponibilizar mais uma ferramenta pela internet, agora além de consultar se o “nome está limpo” os consumidores podem consultar qual é a sua pontuação no SCORE de Crédito, pontuação essa que é calculada pelas empresas de proteção ao crédito e utilizada pelos bancos e financeiras para concessão de crédito.
Boa Vista disponibiliza gratuitamente a consulta do score pela internet (reprodução/imagem)



Cadastro Positivo nem sempre é benéfico para o consumidor. Meu Score despencou depois que eu aderi ao cadastro positivo!

O cadastro positivo é oferecido pelas empresas de proteção ao crédito como algo que vai impulsionar o seu score (pontuação de crédito) e facilitar a aprovação de crédito, mas isso nem sempre é verdade. Neste artigo vou mostrar o que aconteceu com o meu score após aderir ao cadastro positivo e porque eu optei por cancelá-lo. 



No Brasil o Cadastro de Pessoa Física (CPF) é o documento mais importante, ele é necessário para quase tudo. Caso tenha que tirar ou renovar o passaporte, saiba que uma irregularidade no CPF poderá lhe impedir de conseguir um novo documento. O Departamento de Polícia Federal (DPF) não pode emitir o documento caso o contribuinte apresente o CPF com o status pendente de regularização, cancelado, suspenso ou nulo na Receita Federal do Brasil.


Agora você pode consultar CPF ou CNPJ nas agências dos Correios. Serviço que é gratuito na internet e nas agências da Serasa Experian será cobrado nos Correios.

Nesta semana as agências próprias dos Correios começaram a oferecer um novo serviço a população, agora é possível realizar consultas pagas do CPF (Cadastro de Pessoa Física) e do CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica), podendo ser consultado o documento próprio ou de terceiros. A novidade já está disponível em todas as agências dos Correios – exceto as franqueadas, que devem receber o serviço até o fim de 2017 – e é fruto de uma parceria com a Serasa Experian.


A Serasa Experian anunciou ontem (26) a disponibilização de uma ferramenta gratuita na internet para a consulta do SCORE, pontuação que é utilizada pelas empresas para analisar crédito. Cada consumidor possui uma pontuação que vai de 0 a 1000, quanto mais próximo de mil melhor a pontuação e, consequentemente, maior a probabilidade de conseguir crédito no mercado.

A Serasa Experian não disponibilizava essa ferramenta na internet, isso fazia com que muitos consumidores usassem sites de terceiros – muitas vezes inseguros – para ter acesso à pontuação do Score do Serasa.



Para evitar que o contribuinte tenha que procurar em extratos e comprovantes os rendimentos recebidos durante todo ano-base a Receita Federal do Brasil (RFB) obriga que todas as empresas que distribuem rendimentos disponibilizem aos seus clientes e empregados um documento chamado Informe de Rendimentos, ele deve ser entregue até o último dia útil do mês de Fevereiro, sempre relacionado ao ano anterior.