Como saber se o CPF está Regular na Receita Federal

No nosso dia a dia utilizamos muito o CPF, ele é um documento muito importante, até mais importante do que o RG (Registro Geral), isso porque ele é o documento principal da maioria dos cadastros em bancos, financeiras, prestadores de serviços, operadoras de telefonia, etc. Ele é um documento emitido pela Receita Federal e significa Cadastro de Pessoa Física, neste artigo você confere como consultar pela internet qual é a situação do seu documento, pois caso ele esteja irregular não será aceito por bancos ou financeiras.
O CPF também é um documento obrigatório para fazer a Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (DIRPF), sem ele também não é possível abrir conta bancária, fazer cartão de crédito, tirar empréstimo ou qualquer outro produto ou serviço financeiro. É pelo CPF que fica o seu histórico de crédito, bem como restrições nos órgãos de proteção ao crédito (se houver).

Não existe idade mínima para ter o CPF, inclusive estrangeiros podem solicitar o Cadastro de Pessoa Física.

Como consultar situação do CPF pela internet

A consulta é pública e pode ser realizada por qualquer cidadão, para fazer a pesquisa é necessário apenas saber o número do Cadastro da Pessoa Física (CPF) que possui onze dígitos.


Informe os 11 dígitos do CPF que deseja consultar (apenas número, sem pontos e traços), posteriormente selecione [Consultar] para iniciar a pesquisa.

Na próxima tela será apresentado o resultado da pesquisa, o que inclui:

  • Nome Completo do titular do CPF;
  • Situação Cadastral;


No nosso exemplo o CPF consultado está regular, isso significa que não há nenhuma pendência ou restrição junto a Receita Federal.


O sistema pode apresentar os seguintes status:
Regular – O documento está regularizado junto a RFB;
Pendente de Regularização – Significa que o documento se encontra irregular junto a Receita Federal, portanto deve ser regularizado. A irregularidade pode ter sido originada por diversos motivos, tais como: não declaração do imposto de renda, não declaração como isento (quando estava obrigado a declarar), entre outros motivos;
Suspenso – O CPF foi suspenso pela Receita Federal não sendo um documento válido para utilização;
Cancelado – O documento encontra-se cancelado pela Receita Federal, não sendo válido;
Nulo – O documento foi anulado pela RFB por possível fraude no cadastro e/ou duplicidade;

Caso seu documento esteja em situação irregular (Pendente de Regularização) é possível enviar o formulário com o pedido de regularização online, saiba aqui como regularizar o CPF pela internet.

0 comentários:
Postar um comentário