Empresas usam artifícios ilegais para cobrar dívidas

Alguns escritórios de cobrança de dívidas tem utilizado técnicas ilegais para cobrar os consumidores, em alguns casos o método de cobrança inclui também enganar o consumidor de forma a passar medo, fazendo com que o mesmo aceite um acordo ou então realize o pagamento da dívida. É preciso tomar cuidado, pois este tipo de cobrança pode causar danos irreparáveis ao consumidor, muitos podem inclusive desenvolver depressão diante de tal forma de coação.
A empresa tem todo o direito de entrar em contato para tentar negociar uma dívida com o inadimplente, porém essa cobrança deve ser feita sempre com respeito.

Você vai ser preso por não pagar sua dívida
Imagine receber uma ligação de um escritório de cobrança dizendo que você está sujeito a prisão caso não pague a dívida ou aceite determinado acordo de parcelamento, essa é uma forma de intimidar o inadimplente, com isso muitos acabam aceitando um acordo mesmo sem ter a real capacidade de pagamento, com isso a empresa em questão pode renovar a sua dívida nos órgãos de proteção ao crédito.

Seus bens serão penhorados

Para intimidar o inadimplente a empresa de cobrança liga dizendo ser um Oficial de Justiça e que caso a dívida não seja paga até “X” data o mesmo vai até o endereço da pessoa para realizar a apreensão e penhora dos bens.

Tenha em mente que nenhum oficial de justiça vai te intimar por telefone, caso realmente aconteça uma penhora (o que é muito difícil em caso de dívidas), o oficial de justiça vai pessoalmente até o endereço. Normalmente quando isso acontece não é uma surpresa para o cliente pois já há um processo judicial envolvido.

Ligações para terceiros
Uma forma de “infernizar” o cidadão inadimplente é a empresa ficar ligando para telefones de terceiros, tais como: parentes, amigos, trabalho, etc, com isso acaba causando um certo constrangimento no devedor, que eventualmente pode aceitar um acordo com o objetivo de se ver livre das ligações.

Se seja vítima de algum tipo de cobrança com chantagem emocional recomendamos que procure um advogado, visto que cabe inclusive um processo por danos morais. Caso não tenha condições de pagar por um advogado, consulte a defensoria pública da sua cidade.

Fique atento pois esses tipos de cobrança podem acontecer caso sua dívida esteja próxima de “caducar”, isto é, ser retirada dos órgãos de proteção ao crédito. A intenção da empresa é fazer com que o consumidor aceite um acordo, dessa forma caso ele não pague a dívida a mesma pode ser cadastrada como uma nova no SCPC ou Serasa. Ninguém vai ser preso por não pagar uma dívida, a menos que o débito seja referente a pensão alimentícia.

São técnicas sujas usadas para intimidar o cidadão que está inadimplente. Infelizmente muitos acabam caindo nessas ligações, com isso acabam ficando desesperadas, podendo desenvolver problemas psicológicos tais como: insônia, fobia, depressão, etc.

0 comentários:
Postar um comentário