Como funciona o Score de Crédito e qual a sua legalidade?

A pontuação do Score de Crédito ainda é pouco conhecida pelos consumidores, a maioria sequer sabe que o cadastro existe e que ele influencia muito na hora de conseguir créditos em bancos e financeiras, seja para adquirir um Cartão de Crédito, tirar um empréstimo ou financiar um automóvel / imóvel. A ferramenta de crédito é utilizada pela maioria das empresas para calcular o risco que determinado cliente pode representar.



O grande problema é que a legalidade do Score de Crédito ainda é muito questionada, inclusive judicialmente. Em alguns estados por exemplo, a divulgação do Score foi suspensa devido a uma verdadeira “enxurrada” de processos que algumas empresas vinham recebendo nos últimos meses.

O QUE É O SCORE?

O Score é uma ferramenta de análise de crédito, utilizada principalmente para medir o risco que um cliente pode representar. Dessa forma a pontuação funciona como um instrumento de análise de crédito e/ou risco, sendo amplamente utilizado em todo o país. O problema é que a maioria das pessoas sequer sabe da sua existência.

Cada consumidor recebe uma pontuação que varia entre 0 e 1000, quanto mais próximo de mil, melhor é a pontuação de crédito, consequentemente menos risco ele representará para o estabelecimento, financeira, banco ou empresa que está utilizando a ferramenta.

Exemplo: O consumidor possui pontuação X, isso significa que ele tem X% de chances de se tornar inadimplente no horizonte de 12 meses. A cada 100 documentos com o mesmo comportamento de referência de crédito, X poderão se tornar inadimplentes em um ano.

A mensagem acima é um exemplo da que pode ser visualizada pelas empresas e/ou financeiras que utilizam tal ferramenta. Note que ela oferece como base uma pontuação, a partir daí ela estima a porcentagem de consumidores com determinada pontuação que possuem chances de se tornar inadimplente em um horizonte de um ano.

Como a pontuação do Score é calculada?

Essa é uma pergunta difícil de ser respondida, pois não se sabe ao certo como as empresas chegam a determinada pontuação. Segundo a Serasa Experian, o Score de Crédito utiliza de informações públicas ou que já existem na base de dados, sendo considerada as seguintes informações:

  • Informações negativas que constem na base de dados, tais como: dívidas, execuções judiciais, protestos, cheques sem fundo, ações de busca e apreensão, participação em empresas falidas ou que estejam em recuperação judicial, etc.
  • Região – A região onde o consumidor está situado é levada em conta para considerar o nível de inadimplência e o volume de atividade econômica de determinada região do país (estado, município, bairro, etc).


Como aumentar a pontuação do Score

A Serasa possui uma página na internet onde ela fala sobre o Score de Crédito, inclusive sobre as vantagens que ele representa, www.serasaconsumidor.com.br/score-credito, segundo ela, para melhorar a pontuação é preciso atualizar e manter seus dados sempre atualizados junto a Serasa Experian (ou outra empresa de proteção ao crédito), quitar dívidas sempre de forma pontual (evitar pagar após o vencimento), regularizar ou negociar as dívidas vencidas e não pagas (dívidas caducadas).

Além disso devido a aprovacão do Cadastro Positivo, tais informações também poderão ser utilizadas para calculo da pontuação do Score de Crédito de cada consumidor.

Como podem perceber, ainda não é possível saber ao certo como as empresas de proteção ao crédito chegam a determinada pontuação. O que se sabe são informações genéricas sobre o assunto. É justo uma pessoa endividada ter uma pontuação melhor do que uma que compra sempre à vista?

Como consultar o Score

Na internet há vários sites que prometem oferecer o serviço, porém há muitos que não são confiáveis. A minha consulta eu fiz pelo site www.nacionalconsultas.com.br (Consulta do Tipo 2 Débitos + Score), o custo é de R$9,90 (no momento do desenvolvimento dessa matéria, sendo o valor sujeito a alteração).

Tentei efetuar a consulta de forma gratuita nas agências de proteção ao crédito, porém não obtive sucesso, a única informação que as empresas disponibilizam para o consumidor é o extrato com o detalhamento de débito (existência ou inexistência).

Tal cadastro ainda é polêmico, tanto que no Rio Grande do Sul, a empresa Boa Vista, administradora do SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), suspendeu a divulgação do cadastro depois de receber diversos processos na justiça, então a sua legalidade ainda é um assunto bastante questionado.

Porém no exterior o Crédito Score é algo bastante comum, sendo legalizado. Nos Estados Unidos por exemplo, cada pessoa possui uma pontuação de crédito atribuída ao Social Security Card (SSC), que equivale ao CPF brasileiro. A diferença é que lá o consumidor pode ter fácil acesso a pontuação, diferente do que acontece aqui.

Qual a sua opinião sobre o Crédito Score? Comente abaixo nos comentários!

0 comentários:
Postar um comentário