Qual é o prazo de compensação bancária?

Descubra como funciona os prazos de compensação bancária para transferências, depósitos, compensação de cheques e resgate de aplicações financeiras.

Ao realizar um serviço bancário muitas vezes o correntista é submetido ao prazo de compensação bancária, que é o prazo para que a transação seja liquidada pela instituição financeira. Normalmente os bancos identificam o prazo de liquidação com D+, que significa Dia útil + (mais). Por exemplo, a realização de uma transferência via DOC (Documento de Ordem de Crédito) é considerada D+1, isso porque o dinheiro transferido só estará disponível na conta do beneficiário no dia útil seguinte ao da solicitação.


O prazo de compensação bancária evoluiu bastante, antes para descontar um cheque poderia demorar até 30 dias, hoje o valor é disponibilizado normalmente em no máximo três dias úteis, caso o depósito seja feito através de um Caixa Eletrônico. Tal redução no tempo de compensação se deve principalmente as novas tecnologias, hoje um cheque não precisa mais ser transportado até a agência do correntista para ser compensado, ele pode ser compensado eletronicamente pelo banco emissor, o que reduz drasticamente os prazos.


  • D+0 = Mesmo dia
  • D+1 = Dia útil da solicitação + 1
  • D+2 = Dois dias úteis subsequentes a solicitação;
  • D+3 = Três dias úteis subsequentes a solicitação;



  • DOC: D+1 (ou seja, dia útil seguinte a solicitação);
  • TED: D+0 (disponível no mesmo dia)
  • Transferência entre contas da mesma instituição: D+0
  • Depósito na boca do caixa: D+0
  • Compensação de cheques (acima de R$300,00): D+1
  • Compensação de cheques (abaixo de R$300,00): D+2
  • Boleto bancário: no máximo 72 horas úteis
  • Depósito no Caixa Eletrônico: disponível no mesmo dia caso o depósito tenha sido realizado em dia útil até o fechamento da agência. Caso seja depositado fora do horário comercial o valor deverá estar disponível até as 10 h do dia útil seguinte ao depósito.
  • Resgate de investimentos: varia conforme o tipo de investimento;
  • Resgate de Título de Capitalização: varia conforme o título, normalmente é D+3.


Esperamos que as dicas mencionadas acima sejam úteis para que possa descobrir o prazo de compensação de um serviço bancário. Em caso de dúvida basta escrever um comentário abaixo e faremos o possível para explicar de uma forma sucinta.

Lembre-se: normalmente o prazo de compensação não leva em conta os sábados, domingos e feriados.

0 comentários:
Postar um comentário