Qual o prazo de compensação de um cheque?

O cheque é um meio de pagamento que hoje é pouco utilizado pelos consumidores brasileiros, ele perdeu espaço frente ao cartão de crédito e as transferências bancárias, entretanto ele ainda é uma forma muito utilizada para pagamento de valores maiores, se você pretende adquirir um imóvel, certamente será lhe solicitado um cheque como forma de pagamento, visto que nenhuma empresa aceita mais receber um alto valor em espécie devido aos riscos, que vão desde roubos até notas falsificadas no meio do montante, então nesses casos o cheque acaba sendo um meio de pagamento mais seguro.

Neste artigo falaremos sobre os prazos de compensação, antigamente um cheque demorava até dois meses para ser descontado, atualmente graças a compensação digital ele é disponibilizado na conta em, no máximo, dois dias úteis, confira.


O cheque é uma promessa de pagamento à vista, portanto é natural que o detentor de um cheque queira reaver o dinheiro o mais rápido possível. Desde Julho de 2011 o prazo de compensação dos cheques foi reduzido graças a implementação da compensação eletrônica/digital, veja abaixo quais são os prazos:


Valores
Prazo
Depósito de valor inferior a R$299,99
Até dois dias úteis
Depósito de Cheques acima de R$300,00
Até 1 dia útil
Desconto do cheque diretamente em uma agência do banco emissor (guichê de caixa)
Dinheiro liberado do mesmo dia (opção mais rápida)

O prazo de compensação mencionado acima é válido apenas para depósitos realizados em uma conta bancária (independente do banco), ou seja, caso você deposite o cheque em sua conta corrente ou poupança. No caso de depósitos realizados fora do expediente bancário deve-se acrescentar um dia útil ao prazo, visto que a compensação só será iniciada no dia útil subsequente ao do depósito.

Descontar um cheque na agência

A dica que deixaremos a seguir é caso você não queira esperar o prazo de compensação (até dois dias úteis). É possível realizar o saque no mesmo dia em qualquer agência do banco emissor do cheque, diretamente na boca do caixa, tal procedimento é válido apenas para os cheques que não estão cruzados e cujo valor seja de até R$4.999,00. Veja um exemplo:

Se você recebeu um cheque do Banco Itaú, basta procurar qualquer agência dessa instituição (não precisa ser a agência do cliente que passou o cheque), o saque do dinheiro poderá ser feito em espécie diretamente na boca do caixa (guichê). A compensação será feita eletronicamente, ou seja, o caixa validará a transação de forma eletrônica, sem que seja necessário encaminhar o cheque para a agência detentora da conta. Um detalhe importante, para valores acima de R$4.999,99 pode ser necessário depositar o cheque em uma conta para que a compensação seja liberada.

Valores acima de cinco mil reais só são liberados após a agência que realiza o desconto (compensação) entrar em contato com o cliente para verificar se ele autoriza o pagamento.

Conclusão – Se você tem pressa em obter o dinheiro de um cheque basta procurar qualquer agência do banco emissor do cheque (Itaú, Bradesco, Caixa, Banco do Brasil, etc) e descontar o cheque e retirar o valor em espécie. Do contrário basta depositar o cheque em qualquer conta corrente ou poupança, o prazo de compensação é de até 2 dias úteis para valores inferiores a trezentos reais e de, no máximo, 1 dia útil para valores acima de trezentos reais.


Um comentário:

  1. Dei um cheque de 50 mil para compra de um imóvel, o valor saiu da minha conta no mesmo dia a noite, porém ele só foi liberado na conta do vendedor depois de dois dias. Por que isso aconteceu? Afinal no dia que ele depositou no outro dia 6 da manha confiri e já tinha saído da minha conta, porém o banco prendeu o dinheiro pois dois dias, acabou gerando um mal entendido entre nós.

    ResponderExcluir