Greve dos Correios – Posso atrasar o pagamento do boleto?

Os Correios anunciaram mais uma paralisação, dessa vez a greve deve impactar ainda mais consumidores e não tem prazo preestabelecido para terminar. O consumidor precisa ficar atento aos seus direitos, isso porque o atraso poderá inviabilizar que você receba o boleto bancário ou uma encomenda dentro do prazo, mas isso não isenta a sua responsabilidade em efetuar o pagamento até a data de vencimento, isso porque a maioria das empresas disponibilizam formas alternativas para que seus clientes efetuem o pagamento pontualmente.

Formas alternativas de emissão de boleto

Todas as empresas que enviam bloquetos de cobrança por Correios devem disponibilizar ao consumidor formas alternativas para que ele emita a fatura em caso de greve da única empresa que presta esse serviço no país. Hoje em dia a maioria das empresas permite que a emissão seja feita online, isto é, pela internet, pessoalmente nas lojas ou ainda através do telefone, cabe ao consumidor comunicá-la que não recebeu o documento e dar andamento a emissão da segunda via para conseguir pagar a fatura dentro do prazo.

Entre em contato com a empresa ou banco responsável pela cobrança e peça uma segunda via do documento para pagamento. Pelo menos uma das alternativas a seguir a empresa deverá disponibilizar:

  • Emissão da segunda via pessoalmente em uma loja, banco ou financeira;
  • Emissão da 2ª via pela internet;
  • Solicitação do código de barras via telefone;
  • Pagamento via débito/transferência bancária;
  • Emissão da segunda via por aplicativo no celular;


É obrigatório oferecer formas alternativas para a obtenção da 2ª via, não apenas para casos de greves dos Correios, mas também caso o consumidor esteja fora de seu endereço, isto é, esteja viajando.

Receba o boleto por e-mail

Essa dica considero ser a mais preciosa. Se você já é adepto da internet, troque a forma como recebe a sua fatura/boleto, em vez de receber o documento impresso via Correios, peça para que a empresa realize o envio através do seu endereço de e-mail.

Dessa forma além de receber o documento logo após a fatura ser fechada, você ainda contribui com o meio ambiente já que não haverá mais a emissão de papel. Além disso não ficará dependente dos Correios, visto que neste ano as greves têm sido realizadas regularmente.

É direito do trabalhador reivindicar os seus direitos, mas o consumidor não deve ser responsabilizado por um problema funcional da empresa.

Não recebi a fatura dentro do prazo por causa da greve dos Correios, o banco pode me cobrar juros por atraso?

Infelizmente a administradora poderá cobrar juros por atraso no pagamento, mesmo que o motivo do não pagamento seja a greve dos Correios e Telégrafos. Cabe ao consumidor entrar em contato antes da data de vencimento para informar a empresa que não recebeu o documento para pagamento, a partir daí se inicia o procedimento para obtenção da 2ª via.

Caso a empresa não disponibilize formas alternativas ou eles não funcionem, a dica é entrar em contato com o SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor) antes da data de vencimento, faça uma reclamação que não conseguiu obter o boleto antes da data de vencimento pelas formas alternativas, posteriormente basta guardar o protocolo da reclamação, pois ele é prova de que você tentou emitir o boleto para pagar antes de vencer e não conseguiu.

0 comentários:
Postar um comentário