Como abrir conta poupança com nome sujo?

Pedro está com o nome inscrito no SCPC e Serasa por conta de uma dívida contraída em 2014 com uma empresa de telefonia móvel, ele pergunta: É possível abrir conta corrente mesmo com o nome sujo? A resposta é SIM, é possível! A conta poupança não trabalha com limites, ela é feita exclusivamente para que o correntista deposite seu dinheiro tendo em troca um baixo rendimento. Diferentemente da conta corrente, ela não oferece cheque especial, limite de empréstimo, cartão de crédito, etc, portanto, ela não gera risco de crédito para a instituição financeira.


O que acontece é que alguns bancos discriminam o consumidor que está com restrições, recusando-se a abrir a conta. Neste caso, o consumidor pode até entrar com uma reclamação no juizado especial civil, se ficar comprovado que o banco cometeu um ato descriminatório.


Melhores bancos para abrir conta poupança com nome sujo

A Caixa Econômica Federal é reconhecidamente o melhor banco para abrir uma conta poupança, isso porque ela investe constantemente em campanhas estimulando este tipo de abertura. Já os bancos privados costumam não levar muito a sério está modalidade de conta, principalmente por ela não gerar comissão para o gerente da conta. A CEF raramente se nega a abrir uma conta poupança, visto que dependente bastante do dinheiro que é aplicado na caderneta de poupança.

Entendendo melhor:

  • A poupança não oferece risco de crédito para o banco. Não há risco de inadimplência pois trata-se apenas de uma conta para depósito;
  • Na poupança o dinheiro movimento é o da conta do cliente. Não há, geralmente, disponibilização de cheque especial, limite de empréstimo, cartão de crédito, etc;
  • A poupança não cobra taxa de manutenção, sendo uma conta gratuita;
  • O seu rendimento rende todo mês na data de aniversário da poupança (dia que o depósito completa um mês);


Alguns gerentes de banco fazem cara feia quando o cliente afirma querer abrir apenas uma conta poupança. Eles tentam convencer o cliente a aderir ao combo “Conta Corrente + Poupança” que, por sua vez, possui a cobrança de mensalidade da cesta de serviço (apenas a poupança é isenta de tarifa).

Para abrir uma conta poupança na maioria dos bancos é necessário apenas apresentar os seguintes documentos: RG ou documento equivalente, CPF e um comprovante de residência recente (conta de água, luz, gás, telefone, etc).

A única restrição para a abertura de uma conta poupança é caso o cliente esteja com o CPF (Cadastro de Pessoa Física) suspenso ou cancelado na Receita Federal. Daí será necessário regularizar a pendência junto a RFB para conseguir ter acesso a qualquer produto ou serviço financeiro.

0 comentários:
Postar um comentário