Não vale a pena contratar o acelerador de pontos no Cartão de Crédito!

Desde 2015 o Itaucard e a Credicard vem oferencendo aos clientes de cartão de crédito um serviço que promete dobrar o acumulo de milhas por dólar gasto, chamado de ACELERADOR DE PONTOS, ele faz o usuário pontuar o dobro e, assim, conseguir mias rápido aquela tão sonhada viagem com milhas. O grande problema é o exagerado custo para manter o serviço ativo, o titular tem que pagar 4% a mais de todos os seus gastos para pontuar em dobro. Resumindo: não vale a pena manter o acelerador de pontos ativo.
Ao ligar para a central de atendimento do Itaucard e Credicard você, certamente, será convidado a ativar o acelerador de pontos. Afinal ele custa apenas 4% de todas as suas compras, a cada R$100,00 em gastos, R$4,00 ficam para a administradora, esse valor será usado para pontuar em dobro.

A tarifa do acelerador de pontos é variável, ela custa sempre 4% do valor de todas as suas compras. Sendo assim, quanto mais você gastar, maior será a tarifa para custear o serviço. Abaixo veja quanto seria cobrado em sua fatura – dependendo do volume de gastos:

  • Fatura de R$100,00 – Tarifa de R$4,00 pelo Acelerador de Pontos;
  • Fatura de R$500,00 – Tarifa de R$20,00 pelo acelerador de pontos;
  • Fatura de R$1.000 – Tarifa de R$40,00 pelo acelerador de pontos;
  • Fatura de R$5.000 – Tarifa de R$200,00 pelo acelerador de pontos;
  • Fatura de R$10.000 – Tarifa de R$400,00 pelo acelerador de pontos;


Na prática, o custo das milhas dobradas sai mais caro do que se o cliente optar por comprá-las no Multiplus Fidelidade, Smiles ou TudoAzul, definitivamente, não compensa!

Nem mesmo caso o seu cartão seja o MasterCard Black ou Visa Infinite, que possuem a maior pontuação e acumular 2 pontos a cada 1 dólar gasto ou valor equivalente em reais. Caso seu cartão possua pontuação simples, 1 ponto por dólar gasto, o serviço se torna ainda mais vantajoso, pois você pagará 4% do valor de todas as suas compras para ganhar, apenas, 1 ponto a mais por dólar gasto.


0 comentários:
Postar um comentário