Brasil é o 2º país em ranking global de fraudes com cartões

Um estudo feita pela ACI, empresa global de soluções de pagamentos e serviços bancários eletrônicos em parceria com a Aite Group revela que o Brasil é o segundo país do mundo em fraudes com cartões (crédito, débito e pré-pago). O estudo será apresentado na Global Consumer Card Fraud 2016. A pesquisa entrevistou 6 mil consumidores em 20 países, incluíndo o Brasil, e revelou o aumento no número de fraudes envolvendo cartões, 49% dos brasileiros entrevistados afirmaram ter sofrido algum tipo de fraude com cartões nos últimos cinco anos.
Ranking 2016 de Fraudes com cartões coloca o brasil na 2ª posição.




Além de ocupar o 2º lugar no Ranking de fraudes, o Brasil é o país com mais consumidores insatisfeitos com o tratamento recebido após comunicar uma fraude, apenas 65% disseram ter ficado satisfeitos, contra 90% do índice de satisfação americano.

O levantamento colocou o Brasil em segundo lugar no ranking de países com mais fraudes com cartões de crédito, atrás apenas do México, que revelou que 56% dos mexicanos já sofreram, pelo menos, uma fraude com cartão nos últimos cinco anos.

Além do México e Brasil, os Estados Unidos também aparece no ranking, em terceiro lugar, 47% dos americanos revelaram ter sofrido algum tipo de fraude com cartão nos últimos 5 (cinco) anos. O ranking divulgado até o momento ficou assim:

  • 1º México – 56% dos entrevistados afirmaram ter sofrido alguma fraude com cartão nos últimos cinco anos;
  • 2º Brasil – 49% dos Brasileiros revelaram ter sofrido ao menos uma fraude com cartões nos últimos cinco anos;
  • 3º Estados Unidos – 47% dos americanos relataram ter sido vítima de fraude com cartões nos últimos cinco anos;


INSATISFAÇÃO COM O TRATAMENTO RECEBIDO APÓS UMA FRAUDE

A pesquisa também quis saber qual é o grau de satisfação dos consumidores com o tratamento dos bancos e administradoras de cartões após a experiência com fraude. No Brasil apenas 65% das pessoas entrevistadas disseram ter ficado parcialmente ou plenamente satisfeitas com suas instituições bancárias.

Nos Estados Unidos o índice de satisfação é de 90% dos consumidores.

Embora o estudo tenha revelado que os brasileiros não confiam plenamente nos bancos, a maioria (60%) acredita que eles estão fazendo o máximo possível para proteger seus clientes de fraudes financeiras.

0 comentários:
Postar um comentário