Como limpar histórico de consulta do CPF na Serasa

Serviço é gratuito e ajuda consumidor a aumentar o Score do CPF no longo prazo. 

Cada vez que o consumidor tenta obter crédito em algum banco, loja, administradora ou financeira ocorre uma consulta do CPF (Cadastro de Pessoa Física), o que pode reduzir o score de crédito, que é uma pontuação que atesta o risco de inadimplência que a pessoa representa no horizonte de doze meses. O histórico de empresas que consultaram o seu nome pode dificultar a concessão futura de crédito, pois toda vez que uma empresa consultar seus dados verá que tentou obter crédito em determinadas empresas.


Para descobrir quais empresas andam consultando o seu nome basta ter ativo um serviço de monitoramento de CPF, tal como, Serasa, Boa Vista, Vivo Alerta CPF, Tim CPF, etc. O custo é a partir de R$4,99 por mês. A ferramenta notifica via e-mail ou mensagem SMS toda vez que ocorrer uma consulta em seu documento.

A limpeza do histórico de consulta não aumenta o SCORE DE CRÉDITO imediatamente, porém, ela pode ajudar na concessão futura de crédito, já que as empresas que consultarem o seu documento verão que nenhuma empresa realizou a consulta e, portanto, o consumidor não está desesperado por crédito.

COMO LIMPAR O HISTÓRICO DE CONSULTA DO CPF

Por questões de segurança a limpeza do histórico de consulta do CPF (passagens) não pode ser solicitada via internet. O próprio consumidor deve comparecer a uma agência de atendimento da Serasa Experian e solicitar o reset desse histórico.

No site www.serasaconsumidor.com.br/atendimento/agencias/ é possível consultar o endereço de todas as agências que realizam atendimento ao consumidor Pessoa Física (CPF).

A limpeza do histórico é gratuita e só pode ser solicitada uma vez a cada 45 dias. É necessário apresentar um documento de identificação oficial com foto e o número do Cadastro de Pessoa Física (CPF).

Por questões de segurança e de sigilo de dados, não é aceito solicitações por terceiros. O próprio consumidor é quem deve solicitar a limpeza nas informações cadastrais.

O excesso de consultas pode indicar que o cidadão está desesperado por crédito. O que pode ser um péssimo sinal. Não é possível precisar o quanto a pontuação baixa a cada consulta, mas, estima-se de que até 8% do score de crédito seja calculado pelo histórico creditício do cidadão, o que representa um percentual pequeno, mas que pode fazer a diferença na vida de quem está tentando obter crédito.


0 comentários:
Postar um comentário