Uso do Cartão de Débito Internacional e Pré-pago fica mais caro

Quem pretende usar o Cartão de Débito ou Cheque Viagem (Travelers Cheque) para compras no exterior pode ir preparando o bolso, é que o IOF (Imposto Sobre Operações Financeiras) subiu de 0,38%, passando para 6,38% (mesma porcentagem do cartão de crédito). A mudança deve encarecer a utilização dos cartões de débito e cheque viagem no exterior pois o principal atrativo em relação ao cartão de crédito era justamente a taxa inferior. Mas ainda há um ponto positivo em relação ao cartão de crédito, com o Cartão de Débito ou Cheque de Viagem você pode ficar sabendo a cotação do dólar no dia de compra, e não no fechamento da fatura como acontece nos cartões de crédito.



Antes o brasileiro preferia recarregar um cartão de débito ou pré-pago em uma Casa de Câmbio para escapar dos 6,38% de taxa de IOF, agora não existe mais essa vantagem já que a taxa foi igualada entre os meios. O cartão de débito e cheques tem a vantagem de se saber com antecedência a cotação do dólar ou da moeda utilizada. Porém muitos cartões de crédito oferecem o acúmulo de milhas através dos gastos, o que pode se tornar mais vantajoso dependendo da conversão utilizada pela administradora do cartão de crédito.

Dinheiro Vivo

Na compra de dinheiro em espécie na moeda estrangeiro o brasileiro paga a menor IOF do mercado, apenas 0,38% de alíquota. Esse valor não deve ser alterado segundo o Ministro da Fazenda. Então pra quem quer fugir da taxa maior a única solução é utilizar mais o dinheiro Vivo. Outro fator que deve ser levado em conta é que a conversão e compra de moeda estrangeira utilizada a moeda de turismo, que por sua vez é mais cara do que a comercial.

Não recomendamos levar todo dinheiro em espécie para o exterior. Procure liberar a função débito internacional no seu cartão do banco e tenha sempre um cartão de crédito de reserva. Afinal nunca se sabe quando imprevistos vão acontecer.

Na prática antes o turista que levasse U$ 1 mil para o exterior com o cartão de débito internacional ou cheque viagem, pagava uma taxa de U$3,80 (R$9,00). Com o aumento ele passa a pagar U$63,80 (R$150,00). Então o dinheiro em espécie é a opção mais barata para compras no exterior.

0 comentários:
Postar um comentário