Crefisa oferece empréstimo para quem tem nome sujo - negativado

Muita gente recorre aos empréstimos financeiros para pagar dívidas ou realizar alguns sonhos, algumas financeiras têm oferecido empréstimos com facilidades até mesmo para aqueles que estão negativados, ou seja, que possuem o nome sujo ou que está incluído nos órgãos de proteção ao crédito, tais como, SCPC ou Serasa. A CREFISA é uma dessas empresas, ela lançou faz algum tempo um comercial em que afirma não fazer crédito consignado, e empresta dinheiro até mesmo para aqueles que estão negativados. O blog finanças vai explicar como funciona este tipo de financiamento para que você analise se vale ou não a pena contratar.


O público-alvo desta financeira são os aposentados, pensionistas, servidores públicos e pessoas que recebem por cartão magnético.

Como funciona o empréstimo da Crefisa?

O empréstimo pela Crefisa parece com um consignado, porém não é. A Crefisa não faz consignado, ela faz empréstimos apenas com pagamento direto em conta bancária, sem haver o desconto em folha de pagamento. Os juros deste tipo de financiamento costuma se assemelhar a de um empréstimo pessoal, pois o crédito da Crefisa não é um consignado. A financeira empresta dinheiro até mesmo para aqueles que estão negativado (com nome sujo), porém essa pessoa precisa ser obrigatoriamente um funcionário público, aposentado ou pensionista.

Então podemos concluir que a Crefisa só empresta dinheiro para quem é beneficiário do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) ou para funcionário público. Como este tipo de empréstimo não é um “crédito consignado”, o risco para a financeira é maior, consequentemente o juros também é! Mas a financeira se diz ser a única do país a disponibilizar empréstimos para aposentados, pensionistas e servidores públicos mesmo os que estão com nome sujo, sem que o financiamento tenha que ser consignado.

Cadastro do pagamento em débito em conta – A empresa não faz empréstimo consignado, porém ela cadastrada as prestações em débito direto na conta corrente do cliente, sendo assim ela é capaz de emprestar dinheiro acima do teto permitido pelo INSS (até 30% do benefício em parcela). No dia do pagamento do benefício ou salário o valor do empréstimo deve ser descontado automaticamente. Note que essa modalidade se assemelha a um consignado, mas na verdade não é! Recentemente a empresa passou a disponibilizar a alguns clientes o pagamento através de Boleto Bancário.



Como contratar

A contratação deve ser feita diretamente em uma loja da Crefisa mediante a apresentação de vários documentos (veja abaixo), no site www.crefisa.com.br você encontra um formulário de contato e também pode obter o endereço das lojas espalhadas por todo o país. A financeira também disponibiliza o telefone 4004-4001 e 0800-722-4444 para que os interessados possam esclarecer dúvidas e manifestar o interesse em um empréstimo pessoal com a empresa. Vale ressaltar que este tipo de empréstimo é destinado exclusivamente a aposentados, pensionistas e servidores públicos.

Documentos Necessários


  • RG e CPF;
  • Comprovante de residência recente;
  • Dois últimos comprovantes de renda originais;
  • Extrato bancário do dia do seu pagamento do salário/benefício até o dia de comparecimento a uma loja da Crefisa;



Qual o valor do empréstimo?
Não há como responder a essa pergunta com precisão, pois o valor disponibilizado ao cliente dependerá da sua renda e da análise de crédito da financeira (sem consulta aos órgãos de proteção ao crédito). Normalmente ela consegue emprestar um valor muito maior do que as empresas que disponibilizam o Crédito Consignado, pois o valor da prestação pode ser superior a 30% da folha de pagamento, pois seu crédito não é consignado.

Consideramos um empréstimo consignado a melhor saída para quem precisa de dinheiro em virtude dos juros serem os menores do mercado. Porém se você está com restrição de crédito a Crefisa pode lhe ajudar, mas é importante ficar atento as taxas de juros e ao custo efetivo total de seu financiamento, pois como dito anteriormente, os juros para essa modalidade se assemelham a um empréstimo pessoal que possui juros maiores.

0 comentários:
Postar um comentário