Máquina de cartões Redecard passa a se chamar apenas Rede

A tradicional máquina de cartões Redecard agora será chamada apenas de Rede, a mudança na nomenclatura da empresa faz parte de um processo de restruturação no mercado, criando assim uma nova identidade. O Itaú Unibanco é o dono da empresa, e pretende com isso retornar o mercado que foi perdido para seus concorrentes, principalmente as transações eletrônicas e por terminais (POS) que são aqueles aplicativos que transformam os smartphones e tablets em verdadeiras “máquina de cartões” para aceitar pagamentos. A Cielo é atualmente líder no segmento de “maquininhas de cartões de crédito e débito”.
Essa é a nova cara de Rede


Mobile Rede

Outra grande novidade é o Mobile Rede, um serviço que será voltado para dentistas, taxistas, ambulantes, vendedores de pequeno porte e profissionais liberais. Através de um dispositivo será possível transformar celulares e tablets em máquinas de cartões. Não foram anunciadas taxas do serviço, mas espera-se que o valor seja acessível para conquistar o mercado.

Bandeira Hiper

Recentemente o Itaucard do Banco Itaú lançou a bandeira Hiper para concorrer com a bandeira nacional ELO que pertence ao Bradesco, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal. Os novos cartões já estão sendo emitidos através do Itaucard 2.0, acreditamos que em breve o banco deva emitir também Cartões de Débito com a nova bandeira que é aceita por enquanto apenas nos terminais da Rede (Antiga Redecard).

Essa pode ser uma estratégia de aumentar a rentabilidade do banco, já que ao emitir cartões com as bandeiras Visa e Mastercard, o banco ou administradora de cartões de crédito acaba tendo que pagar royalties a essas empresas, diminuindo consequentemente a sua lucratividade. Praticamente o Itaú está em busca de independência no mercado, ele mesmo emiti os cartões, é dono da bandeira e das máquinas e meios de pagamento para viabilizar a utilização. Essa é uma tendência de mercado e tende a se tornar cada vez mais acirrada entre as empresas do segmento de cartões de crédito.

Exclusividade de bandeiras pode acabar

O Banco Central pode em breve acabar com a exclusividade de bandeiras e máquinas de cartões de crédito, se isso acontecer, os cartões nacionais teriam que ser aceitos em todas as máquinas. Hoje o ELO é aceito apenas nas máquinas e terminais da Cielo e a bandeira Hiper e Hipercard passa apenas na Rede (Ex: Redecard). Acreditamos que se isso acontecer poderá ser muito benéfica não apenas para as bandeiras de cartões de crédito, mas também para as administradoras de benefícios como: vale alimentação, refeição, etc. (os chamados Vouchers).

0 comentários:
Postar um comentário