Receita Federal permitirá alterar dados do CPF pela internet

Digitalização – Atualização de CPF agora não precisará mais ser feito de forma presencial, Receita Federal disponibilização o recadastro via internet, sem burocracia.

Nesta quinta-feira (12) a Receita Federal anunciou o lançamento de um serviço que permitirá a atualização de dados cadastrais do CPF (Cadastro Pessoa Física) por meio da internet. Através de um formulário na internet que será disponibilizado a partir da próxima segunda-feira (16) o contribuinte poderá atualizar o telefone de contato, e-mail e endereço. O novo serviço será gratuito e ficará disponível todos os dias, 24 horas, inclusive nos finais de semana e feriados.

Com o lançamento do serviço muitos contribuintes poderão evitar a cobrança de R$7 pela atualização dos dados nos Correios, pois a atualização online será gratuita e ilimitada. O  atual serviço presencial de atualização de CPF continuará sendo disponibilizado em unidades de atendimento dos Correios, do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal, mas, nesses casos, haverá a cobrança de tarifa de serviço no valor de até R$ 7,00.

Dados que poderão ser atualizados:
  • Endereço;
  • Telefone;
  • E-mail;


A atualização poderá ser feita pelo endereço receita.fazenda.gov.br. De acordo com a Receita Federal do Brasil (RFB) o serviço só estará disponível para brasileiros e estrangeiros que são residentes no Brasil.

Ao manter os dados atualizados o contribuinte fica em dia com a Receita Federal e, ao mesmo tempo, melhora o cadastro financeiro, pois não ficará com dados desatualizados.

Além da atualização online do CPF, a Receita Federal também anunciou um novo modelo de CPF, ele será parecido com o atual – que já é emitido via internet – porém, terá como destaque um QR Code que é semelhante ao código de barras, ele será utilizado para validar a autenticidade do documento com mais agilidade. Tanto o Cadastro de Pessoa Física quanto o comprovante da situação cadastral adotarão o novo modelo.

Curiosidade – Já faz alguns anos que o CPF não é mais emitido em cartão físico. Antes ele era emitido em um plástico azul semelhante a um cartão bancária, hoje ele poderá ser emitido (1ª e 2ª via) através da internet com segurança, pois possui um código de validação que permite as pessoas e empresas validarem a autenticidade do documento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia também