Novo Cartão de Crédito possui leitor de biometria embutido e dispensa senha

A tecnologia é uma grande aliada para proporcionar mais segurança nos produtos financeiros, uma vez que ela é capaz de tornar os produtos mais seguros e prevenir contra fraudes. A tecnologia de digital já está presente no Brasil nas autoescolas, caixas eletrônicos e hoje em dia até no dia da eleição, isso porque ela garante que nenhuma pessoa vai poder se passar por outra. Pois bem, tal tecnologia acaba de chegar ao universo dos cartões de crédito, isso porque a MasterCard, uma das maiores bandeiras do mundo está desenvolvendo em parceria com a Zwipe um novo cartão com sensor de digital e tecnologia NFC (Near Field Communication), que funciona por meio da aproximação.
Imagem divulgação: MasterCard e Swipe

O plástico vem com um pequeno sensor biométrico que identifica a biometria do cliente, dispensando inclusive a digitação da senha do cartão. Com a tecnologia NFC o cliente também não precisaria mais entregar o cartão de crédito ou débito a outra pessoa, pois tudo seria feito através da aproximação do cartão junto ao terminal, com isso é possível inclusive prevenir a clonagem ou troca do cartão.

Tal novidade só foi possível graças a uma parceria com a Zwipe que é uma empresa especializada na tecnologia. A expectativa é de que o novo produto já esteja disponível no mercado em 2015, no entanto, não se sabe quais serão os primeiros países a utilizar esta nova tecnologia e nem quando ela estará disponível no país. O que se sabe é que o novo plástico do cartão terá um custo maior para ser produzido, no entanto, o fator “aumento da segurança” deve incentivar a adesão do mercado, visto que ele poderá diminuir os prejuízos com fraudes financeiras, no qual praticamente todas as administradoras são vítimas anualmente.

No vídeo abaixo (em inglês) é possível ver como a nova tecnologia funciona, o ator aproxima o cartão no terminal NFC, logo em seguida ele insere a digital no local indicado no cartão e posteriormente apresenta novamente o cartão a unidade leitora. A parte interessante é que o estabelecimento não teria nenhum contato com o “plástico” pois a confirmação do pagamento seria feita pelo próprio cliente. Ainda segundo a campanha é possível utilizar a maneira tradicional para pagamento, ou seja, leitura manual no mesmo cartão, caso o estabelecimento não disponha da tecnologia.
Bateria – Ainda segundo a Zwipe e MasterCard o novo cartão não precisa ser carregado na energia, isto porque ele utiliza a energia do próprio terminal do estabelecimento para fazer a leitura.


0 comentários:
Postar um comentário